08 April, 2010


O fim, não é só, é começo... e é junto.

Sensatez é a palavra do dia.

Desta vez não é concha, é casulo. Assim espero.

Quando há segredos, não há amor. Mistério??
ai é diferente, neste eu acredito.
de olhos vendados, boto a mão no fogo.




2 Comments:

Anonymous Limon y sal said...

O fim não deveria ser considerado...
Quase sempre as esperanças do amanhã alimentam as frustrações de ontem.
Insensatez deveria ser a palavra do dia.
O amor habita onde há segredos, onde há mistérios. Neste, eu também acredito.
Botar a mão no fogo de olhos vendados pode ser tão bom quanto fechar os olhos e sentir uma lufada de ar fresco... se você souber de onde vem a chama, ou a brisa...

11:07 AM  
Blogger Juliana said...

parou de escrever?

9:30 PM  

Post a Comment

<< Home